English Live contrata refugiados venezuelanos no Brasil para atuar em call center

English Live contrata refugiados venezuelanos no Brasil para atuar em call center

Dar uma oportunidade de trabalho para quem está na difícil situação de refúgio. A chance de realizar essa ação bateu à porta da English Live, escola de inglês online, diante da unificação de suas operações na América Latina. Com isso, visando incrementar os serviços já vigentes no México, a unidade Brasil resolveu montar uma operação local e contratar profissionais que falassem o espanhol.

“Temos forte crença em nossos valores, na diversidade de nacionalidades e na busca por algo a mais em nosso grupo de colaboradores. Dessa forma surgiu a ideia de nos associar a Agência da ONU para Refugiados (ACNUR), o Programa de Apoio para a Recolocação do Refugiado (PARR) e Missão da Paz, uma instituição filantrópica de acolhimento a imigrantes. Assim conseguimos ajudar essas pessoas a terem uma perspectiva de recomeço em nosso país”, diz André Marques, General Manager Americas da English Live.

Os primeiros profissionais começam a trabalhar em outubro. Segundo Marques, o time conta com pessoas com muito boa formação e que passaram em todos os testes regulares de contratação. Como a equipe atenderá alunos de outros países, como Peru, México, Colômbia, Argentina, não serão fornecidos cursos para o aperfeiçoamento no português. No entanto, os novos profissionais serão beneficiados pelos programas de treinamento e desenvolvimento pessoal da English Live. “Temos certeza de que com isso iremos atingir nossos objetivos de negócios alinhados à questão de ajuda humanitária”, afirma.

A EF English Live integra o grupo EF Education First, multinacional Sueca pertencente à família Hult. Foi criada em 1996 e, cinco anos depois, iniciou suas operações no Brasil. De lá para cá, o crescimento vem sendo contínuo. Ao todo, reúne escritórios em mais de 30 países. No Brasil, são mais de 130 mil alunos inscritos. E as perspectivas são otimistas.

“O ensino online, de forma geral, continua em crescimento no Brasil, embora estejamos em um ano de turbulências, o que faz as pessoas segurarem um pouco o investimento em qualificação, diz Marques. “Acreditamos muito em nossa solução e aceitação dos alunos, há muita oportunidade em segmentos ainda não explorados da sociedade e estamos a cada ano lançando novos produtos e inovando para continuar crescendo de forma sólida”, afirma.

Não existem comentários

Adicionar comentário